Formação

Cursos

2017 CURSO DE FARMACOVIGILÂNCIA – 5ª Edição – EVENTO CONCLUÍDO farmacovigilancia_linkB Âmbito e Objetivos O curso de Farmacovigilância visa promover a aquisição ou aperfeiçoamento de conhecimentos sobre os princípios, modelos e sistemas de Farmacovigilância ativa e passiva, bem como a motivação para a participação empenhada dos profissionais de saúde como agentes do Sistema Nacional de Farmacovigilância. São abordados os procedimentos de notificação de reações adversas e de imputação de causalidade, as boas práticas de farmacovigilância, os estudos de vigilância pós-marketing e gestão de risco, deteção de sinal, sua definição, metodologias e importância. Iatrogenia medicamentosa e mecanismos gerais responsáveis pela indução de reações adversas. O curso visa ainda proporcionar uma visão integrada da legislação atual de farmacovigilância, das suas boas práticas e do sistema de qualidade em farmacovigilância. Aborda-se ainda o sistema de farmacovigilância em Portugal, sua definição, metodologias e importância e o perfil da notificação espontânea em Portugal. Organização Unidade de Farmacovigilância Setúbal e Santarém (UFS) e Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFULisboa). Coordenação Professoras Doutoras Ana Paula Martins e Maria Augusta Soares. Destinatários Profissionais de saúde (enfermeiros, farmacêuticos, médicos e técnicos) e profissionais de áreas relacionadas com o medicamento. Estudantes das áreas de saúde podem candidatar-se. A aceitação da inscrição depende da existência de vagas. Condições de Funcionamento do Curso Datas: 9 de junho a 1 de julho de 2017 Horário: o curso decorre às sexta-feiras e sábados no seguinte horário:
  • Sexta-feira: das 18h00 às 21h30;
  • Sábado: das 9h00 às 17h30.
Local: Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa Nº total de horas: 27 horas de aulas presenciais Metodologias de Ensino: aulas teóricas de apresentação das matérias relativas aos aspetos constantes do programa acompanhadas de apresentação de casos. Avaliação: opcional. Realizada através de exame escrito no final do curso. Programa do Curso de Farmacovigilância – 5ª Edição Certificado de presença e/ou certificado de aproveitamento
  • Certificado de presença para participantes com, pelo menos, 75% de presença;
  • Certificado de aproveitamento para participantes que tenham aproveitamento positivo no exame final.
Inscrições As inscrições para o Curso de Farmacovigilância – 5ª Edição são realizadas via Formulário Online até ao dia 5 de junho de 2017. Pagamento: Propina: 300 euros O pagamento deverá ser efetuado por transferência bancária, até dia 5 de junho, sendo que o IBAN será disponibilizado após rececionarmos a inscrição. A inscrição só é válida após a receção do comprovativo de pagamento pelos Serviços Académicos. Nota: Para qualquer informação relativa ao Curso, deverá contactar os Serviços Académicos (posgraduados@ff.ulisboa.pt).    

2016 CURSO DE FARMACOVIGILÂNCIA – 4ª Edição – EVENTO CONCLUÍDO Curso2016 Realiza-se nos próximos meses de Junho e Julho, nas instalações da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, a 4ª edição do Curso de Farmacovigilância promovido pela Unidade de Farmacovigilância do Sul (UFS) e pela Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFUL). Coordenação Ana Paula Martins e Maria Augusta Soares Destinatários
  • Profissionais de saúde (enfermeiros, farmacêuticos, médicos e técnicos) e profissionais de áreas relacionadas com o medicamento.
  • Estudantes das áreas de saúde podem candidatar-se. A aceitação da inscrição depende da existência de vagas.
Âmbito e objetivos O curso de Farmacovigilância visa promover a aquisição ou aperfeiçoamento de conhecimentos sobre os princípios, modelos e sistemas de Farmacovigilância ativa e passiva, bem como a motivação para a participação empenhada dos profissionais de saúde como agentes do Sistema Nacional de Farmacovigilância. São abordados os procedimentos de notificação de reações adversas e de imputação de causalidade, as boas práticas de farmacovigilância, os estudos de vigilância pós-marketing e gestão de risco, deteção de sinal, sua definição, metodologias e importância. Iatrogenia medicamentosa e mecanismos gerais responsáveis pela indução de reações adversas. O curso visa ainda proporcionar uma visão integrada da legislação atual de farmacovigilância, das suas boas práticas e do sistema de qualidade em farmacovigilância. Aborda-se ainda o sistema de farmacovigilância em Portugal, sua definição, metodologias e importância e o perfil da notificação espontânea em Portugal. Calendarização CURSO Metodologia de ensino Aulas teóricas de apresentação das matérias relativas aos aspetos constantes do programa acompanhadas de apresentação de casos. Avaliação dos participantes Opcional. Realizada através de exame escrito no final do curso. Certificado de presença e/ou certificado de aproveitamento Passado pela Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.
  • Certificado de presença para participantes com, pelo menos, 75% de presença.
  • Certificado de aproveitamento para participantes que tenham aproveitamento positivo no exame final.
Prazo de candidatura Dados a constar na candidatura:
  • Nome completo
  • Morada
  • Contactos: email e nº de telemóvel
  • NIF
  • Atividade profissional
  • Pretende avaliação final ou não
  • Local e contactos onde desempenha a atividade profissional
Custo
  • Candidatura – 50€
  • Propina – 250€
PROGRAMA  
  2015 calendario_formacao_ufs_2015 CURSO DE FARMACOVIGILÂNCIA – 3ª Edição – EVENTO CONCLUÍDO A UFS em colaboração com a LisbonPH, Empresa Júnior da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, realizou o 3º Curso de Farmacovigilância, destinado a profissionais de saúde, nos meses de Junho e Julho de 2015. Pretendeu-se com esta formação enriquecer as valências dos profissionais de saúde, através da aquisição ou aperfeiçoamento de conhecimentos sobre os princípios, modelos e sistemas de Farmacovigilância ativa e passiva, e promover a motivação para a participação empenhada como agente do Sistema Nacional de Farmacovigilância. Deste modo, o curso abordou temas como:
  • Iatrogenia medicamentosa,
  • Mecanismos gerais responsáveis pela indução de reações adversas,
  • Os estudos de vigilância pós-marketing e gestão de risco,
  • O sistema de farmacovigilância em Portugal (a sua definição, metodologias e importância),
O curso teve a duração de 27 horas, e decorreu na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa entre 20 de Maio e 18 de Junho. 3edicao_curso_fv

Guias RAM

A criação e publicação dos Guias de Reações Adversas é uma iniciativa conjunta das Unidades de Farmacovigilância de Setúbal e Santarém e do Porto (anteriores UF Sul e UF Norte, respetivamente). Os Guias constituem instrumentos de consulta que permitem, ao Profissional de Saúde, atualizar os seus conhecimentos sobre as principais reações adversas a medicamentos. Os Guias são disponibilizados faseadamente por fascículos organizados segundo sistemas de órgãos. Incluem entre outros aspectos, a descrição da RAM, mecanismo fisiopatológico, tempo de latência, principais fármacos envolvidos, tratamento e regressão. Guia Reações Adversas Cutâneas ram_cutanea
Introdução
Exantemas Eritrodermia Urticária Angioedema Dermatite de Contacto Eritema Fixo Fototoxicidade Fotoalergia Erupções Acneiformes Psoríase Alterações Capilares Alterações Ungueais Alterações Pigmentares Vasculite PEGA Necrose Cutânea Penfigo Erupções Liquenoides Eritema Multiforme SSJ-NET

Guia Reações Adversas Cardiovasculares ram_cardio Hipertensão Hipotensão Insuficiência Cardíaca Edema Membros Inferiores Desequilíbrios hidroeletrolíticos Tromboflebite Alteração da coagulação e hemostase – Hemorragia Hiperglicemia Dislipidemia
Guia Reações Adversas Gastrointestinais ram_gastro Introdução Distúrbios do paladar Xerostomia, sialorreia e inchaço e dor glandular Hipertrofia Gengival Úlceras Orais Alterações da pigmentação Diarreia
Guia Reações Adversas Hepáticas reações_adversas_hepáticas_verde

Apresentações em Reuniões Profissionais

Comunicar 2017 Sessões de Formação e Sensibilização sobre “Farmacovigilância e Notificação Espontânea”
  • Fátima – Unidade de Saúde Familiar de Fátima
  • Lisboa – Faculdade de Farmácia da ULisboa, XVIII Curso de Farmácia Prática
  • Lisboa – Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Seminários Farmacovigilância
  • Alcochete – Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados e Unidade de Cuidados Continuados de Alcochete
  • Cartaxo – Unidade de Saúde familiar do Cartaxo
  • Lavradio – Unidade de saúde Familiar do Lavradio
  • Lisboa – 1º Curso para Delegados de Farmacovigilância
  • Torres Novas – Farmácia Lima
  • Comporta – Farmácia Marília Fonseca
  • Seixal – Farmácia do Vale
  • Carregueira – Universidade Senior da Carregueira
  • Pinhal Novo – Farmácia Tavres de Matos
  • Seixal – Farmácia Seixal
  • Rio Maior – Farmácia Almeida
  • Quinta do Conde – Unidade de Saúde Familiar Conde Saúde
  • Almeirim – Univesidade Senior de Almeirim
  • Almada – Farmácia Magalhães
  • Almada – Farmácia Silva Junior
  • Almeirim – Farmácia Central de Almeirim
  • Monte da Caparica – Hospital Garcia de Orta
  • Barreiro – Farmácia Santa Marta
  • Santarém – Unidade de Saúde Familiar Planalto
  • Santiago do Cacém – Universidade Sénior de Santo André
  • Barreiro – Farmácia Mascarenhas Neto
  • Grândola – Universidade Sénior de Grândola
  • Amora – Unidade de Saúde Familiar Amora Saudável
  • Seixal – Unidade de Saúde Familiar Fernão Ferro mais
  • Almada – Farmácia Almofariz, Costa da Caparica
  • Cartaxo – Farmácia Abílio Guerra
  • Palmela – Unidade de Saúde Familiar Santiago
  • Torres Novas – Centro Hospitalar Médio Tejo
  • Tomar – Centro Hospitalar Médio Tejo
  • Abrantes – Centro Hospitalar Médio Tejo
  • Monte da Caparica – Hospital Garcia de Orta
  • Lisboa – FFULisboa / Grupo Holon
  • Setúbal – Farmácia Sália
  • Corroios – Farmácia Bento Lino
  • Arrábida – Unidade de Saúde Familiar Castelo

  2016 Sessões de Formação e Sensibilização sobre “Farmacovigilância e Notificação Espontânea”
  • Lisboa – Reunião UFS/Delegados de Farmacovigilância
  • Portimão – Centro de Saúde de Portimão
  • S. Brás de Alportel – Centro de Saúde de S. Brás de Alportel
  • Loulé – Centro de Saúde de Loulé
  • Olhão – Centro de Saúde de Olhão
  • Faro – Centro de Saúde de Faro
  • Albufeira – Centro de Saúde de Albufeira
  • Faro/Alvor – Hospital Particular do Algarve
  • Lisboa – Sessão Formativa no âmbito do Estudo “MONITORIZAÇÃO INTENSIVA NAS FARMÁCIAS – NOVOS ANTIDIABÉTICOS”
  • Beja – Hospital Dr. José Joaquim Fernandes (ULSBA)
  • Portimão – Centro Hospitalar do Algarve, Unidade de Portimão
  • S.Bartolomeu de Messines – Farmácia Algarve
  • Albufeira – Farmácia do Mar
  • Faro – Universidade do Algarve para a 3ª Idade

IV Reunião Científica Anual da SPFCF – A IATROGENIA MEDICAMENTOSA E O SEU IMPACTO NA SAÚDE PÚBLICA, 29 de Abril de 2016 | Auditório Pedroso Lima, IBILI, Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
  • Painel de Reação e DebateA segurança dos sistemas de saúde: integração da farmacovigilância

SAFETY RISK MANAGEMENT AND PHARMACOVIGILANCE, Training Programme in Pharmaceutical Medicine, INFARMED 14 a 16 de Abril 2016
  • Palestra a convite – Causality assessments

Seminários na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa (ESEL), 7 e 14 de Março de 2016
  • Reações Adversas a Medicamentos
  • Farmacovigilância e Notificação Espontânea
  • Reações de Hipersensibilidade
  • Reações Adversas por Grupo Farmacoterapêutico

Sessão Formativa no âmbito do Estudo “MONITORIZAÇÃO INTENSIVA NAS FARMÁCIAS – NOVOS ANTIDIABÉTICOS”, Lisboa, FFUL 15 de Fevereiro 2016
  • O Sistema de Farmacovigilância – Evolução, Nova Legislação e Desafios
  • Reações Adversas a Medicamentos – Grupos populacionais suscetíveis
  • Gestão de Risco de Medicamentos. Planos de Gestão de Risco – Conceitos e Exemplos Práticos na Farmácia Comunitária
  • O Sistema de Notificação Espontânea – Workshop prática

XVIII CURSO DE FARMÁCIA PRÁTICA, FFUL 1 a 6 de Fevereiro 2016
  • Farmacovigilância e o Dever Profissional
  • Farmacovigilância – Abordagem Prática

2015 V Congresso Científico de Saúde – AEFFUL O Cérebro e a Mente: O Desafio do Presente 20 de Novembro de 2015
  • Palestra a convite – Segurança do uso de medicamentos antidepressivos dados nacionais e internacionais
Sessões de Formação e Sensibilização sobre “Farmacovigilância e Notificação Espontânea”
  • Faro – Farmácia da Penha; em 10-12-2015
  • Faro – Universidade do Algarve; em 10-12-2015;
  • Olhão – Centro de Saúde de Olhão; em 10-12-2015
  • Elvas – Centro de Saúde de Elvas; em 27-11-2015;
  • Portimão – Centro Hospitalar do Algarve; em 29-10-2015;
  • Santiago do Cacém – Hospital do Litoral Alentejano; em 25-06-2015;
  • Brás de Alportel – Centro Saúde S. Brás de Alportel; em 24-06-2015;
  • Quarteira – Centro Saúde de Quarteira; em 24-06-2015;
  • Castro Verde – Centro Saúde de Castro Verde (LSBA); em 17-06-2015;
  • Ferreira do Alentejo – Centro de Saúde de Ferreira do Alentejo (ULSBA); em 17-06-2015;
  • Évora – Hospital do Espírito Santo – EPE; em 01-04-2015
III Reunião Científica Anual da SPFCF “Novas abordagens terapêuticas” Lisboa, 15 de Abril de 2015
  • Poster Anticoagulantes orais: Reações adversas pelos Antivitamina K vs Novos anticoagulantesEstudo comparativo do perfil das notificações à Unidade de Farmacovigilância do Sul em 2014
1ª Reunião do Núcleo de Estudos de Geriatria – Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, Tomar – 12 e 13 de Março de 2015
  • PosterReações adversas em doentes idosos, notificadas entre 2009 e 2013, à Unidade de Farmacovigilância do Sul
9th PCNE Working Conference 2015, Mechelen, Belgium, 4-6 February 2015
  • Poster – Healthcare professionals’ contribution on spontaneous reports of Adverse Reactions Following Immunization from 2009 to 2011 in Portugal
  • Poster – Pharmacists and suspected adverse drug reactions in old patients reported from 2009 to 2013
UU WHO Wintermeeting 2015, Utrecht, The Netherland, 12-13 January 2015
  • Comunicação oral – Characterization of the spontaneous reporting profile associated with antineoplastic and immunomodulators agents, received by Southern Pharmacovigilance Center from 2009 to 2013
  • PosterProfile of spontaneous reports of Adverse Reaction Following Immunization from 2009 to 2011 in Portugal
Partilhar