Mestrado em Química Medicinal e Biofarmacêutica

Objetivos

A Química Farmacêutica e Terapêutica é uma das áreas do conhecimento fundamentais das Ciências Farmacêuticas indispensável a uma compreensão correta e global do medicamento nas suas várias vertentes. Denominada de Química Terapêutica nos países anglo-saxónicos e do norte da Europa e Química Medicinal nos países do sul e centro da Europa, é internacionalmente reconhecida como uma disciplina transversal que integra áreas do saber da Química, Biologia e Farmacologia que tem como objetivo o desenvolvimento de novos agentes terapêuticos com base nos seus mecanismos de ação e nos alvos moleculares envolvidos. Em Portugal, a Química Farmacêutica tem adquirido um relevo crescente como área de investigação de ponta, com trabalho científico reconhecido através de publicações em revistas internacionais de prestígio, de colaborações internacionais e de formação avançada ao nível de mestrado e doutoramento. A Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa foi pioneira ao oferecer a primeira formação pós-graduada através do Mestrado em Química Farmacêutica e Terapêutica em Portugal, atualmente substituído pelo Mestrado em Química Medicinal e Biofarmacêutica (MQMB) que representa uma adaptação do anterior programa do Mestrado aos novos paradigmas da Química Farmacêutica.

O Curso de Mestrado em Química Medicinal e Biofarmacêutica tem os seguintes objetivos específicos:

  • Dar um conhecimento da metodologia geral da síntese de fármacos.
  • Dar a conhecer o papel do metabolismo e farmacocinética no desenho de fármacos.
  • Evidenciar a importância da modelação molecular na descoberta e desenho de novos fármacos.
  • Ensinar a metodologia básica da identificação estrutural usando métodos espectroscópicos.
  • Dar a conhecer as estratégias de pesquisa de compostos bioativos a partir de plantas como possíveis protótipos de fármacos.
  • Dar a conhecer os avanços mais recentes da Química Biológica que permitem a funcionalização de biomoléculas.
  • Ensinar métodos de identificação de alvos terapêuticos e de diagnóstico.
  • Aplicar os conhecimentos acima descritos, de um modo integrado, ao estudo de alguns grupos de fármacos, chamando a atenção para o estado atual do conhecimento e para os problemas por resolver.
  • Estimular a leitura crítica de literatura científica, através da realização de uma monografia sobre um tema específico.
  • Fornecer uma iniciação à investigação científica na área da Química Farmacêutica.

Idioma
Caso seja admitido algum candidato não falante de língua portuguesa, as aulas são lecionadas em língua inglesa. Os conteúdos e os materiais estão frequentemente em língua inglesa.

Saídas Profissionais

  • Indústria Farmacêutica e afins
  • Investigação (Doutoramento)

Horário

As aulas decorrem das 17:00 às 20:00 na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.

2019/2020

Propinas

Estudante em regime geral a tempo integral

Estudantes Nacionais
Propina anual: 1.100 € (1.º ano) | 1.100 € (2.º ano)

Estudantes Internacionais
Propina anual: 3.250,00 € (1.º ano) | 3.750,00 € (2.º ano)

Consultar documentação associada

Contacto

Quanto é 5+5?

Partilhar