COLÉGIOS DA ULISBOA

Os Colégios da Universidade de Lisboa (ULisboa) promovem iniciativas que juntam investigadores de várias Escolas e unidades de investigação com vista ao desenvolvimento de novas áreas transversais do conhecimento. A FFUL participa nos seguintes Colégios da ULisboa:

Colégio "Mente Cérebro"

O Colégio “Mente Cérebro” tem como objetivo incrementar a atividade científica transdisciplinar e promover a articulação entre mente cérebro e as suas implicações sociais. Objetivo: Potenciar a capacidade organizacional, científica, formativa e técnica da Universidade de Lisboa nos domínios científicos que visam o conhecimento integrado da mente e do cérebro, bem como potencializar o impacto tecnológico social deste saber. Instituições envolvidas: FCULisboa, FFULisboa, FLULisboa, FMULisboa, FPULisboa e ISTULisboa.

Colégio de Química

O Colégio de Química visa, entre outros objetivos, promover: a Química em todas as suas vertentes científicas e tecnológicas; a colaboração entre as Escolas da ULisboa e o exterior, designadamente no que se refere aos ensinos superior e secundário e ao sector empresarial; a transdisciplinaridade da Química com outras ciências em que desempenha um papel fundamental, tais como as ciências dos materiais, biológicas, farmacológicas, medicinais, agronómicas e florestais, e do ambiente. Objetivo: Promover a Química em todas as suas vertentes científicas e tecnológicas; interdisciplinaridade entre os vários domínios da Química; transdisciplinaridade da Química com outras ciências em que esta desempenha um papel importante, tais como as ciências dos materiais, biológicas, farmacológicas, medicinais, agronómicas, florestais e do ambiente. Instituições envolvidas: FCULisboa, FFULisboa, FMHULisboa, ISAULisboa e ISTULisboa.    

Colégio F3 “Food, Farming & Forestry (F3)”

O Colégio “Food, Farming and Forestry (F3)” pretende criar e traduzir conhecimento transdisciplinar nos domínios da alimentação, agricultura e florestas que tenha impacto na resposta a desafios societais e ambientais. Responder a tais desafios requer novas ideias, conceitos, metodologias e soluções, capazes de envolver os diferentes atores e as suas valências, fator que é devidamente potenciado por uma visão holística. Só esta é capaz de reunir visões e competências essenciais nos domínios em análise, e assim gerar um diálogo eficaz e integrador entre todas as áreas e saberes, numa perspetiva integradora dos serviços dos ecossistemas, da economia, da saúde e do bem-estar social, adaptando as práticas existentes e desafiando os atuais paradigmas. Objetivo: Promover, num contexto ecológico e social e num diálogo fecundo entre ciência e saberes locais, ações para o desenvolvimento sustentado nas áreas da Alimentação, Agricultura e Floresta. Instituições envolvidas: FCULisboa, FFULisboa, FLULisboa, FMULisboa, FMVULisboa, FMHULisboa ICSULisboa, IGOTUlisboa, ISAULisboa, ISEGULisboa e ISTULisboa.
Partilhar