Publicações

Estudos

ESTUDOS EM CURSO PHDA Divulgação Site UFS Novo UFS (Unidade de Farmacovigilância do Setúbal e Santarém) e o CADIn (Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil) têm o prazer de convidar os familiares das crianças/jovens portadores de PHDA, a participar no estudo Caracterização da Terapêutica para a Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA) em Portugal, que visa a avaliação do tratamento da PHDA, do impacto da PHDA na família e da segurança do tratamento. A sua participação é fundamental para conhecermos melhor a segurança e efetividade dos medicamentos para o tratamento de PHDA. Período do estudo: preenchimento dos questionários de 01 de Outubro de 2017 a 28 de Fevereiro de 2018. Para mais informações sobre o estudo, consulte:
Questionário Primeira vez de Tratamento Questionário de Continuação da terapêutica (uso crónico)
Estudo PHDA_Foto QPrimeira Novo Estudo PHDA_Foto QCont Novo
Nota: Questionário referente a utilizadores (crianças/jovens) de primeira vez ou que se encontram a reiniciar o tratamento para PHDA, após um período de interrupção do mesmo. Nota: Questionário referente a utilizadores crónicos (crianças/jovens) de medicamentos para PHDA (com manutenção da molécula ou substituição da mesma, sem interrupção).
Com os nossos agradecimentos pela sua colaboração, em nome da equipa Maria Augusta Soares UFS e CADIn
  ESTUDOS PUBLICADOS Artigo

Teses

Teses de Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas
  •  Caracterização das reacções adversas associadas a antidislipidémicos (ATC C10) reportadas à UFS durante o período de 2012 a 2016 (5 anos) por Ana Filipa Neves da Silva e orientada por Profª Doutora Ana Paula Martins e Mestre Paula Barão (defendida em 2017)
  • Caracterização das reacções adversas associadas a antibacterianos (ATC J01) reportadas à UFS durante o período de 2012 a 2016 (5 anos) por Catarina Valente Monteiro Marques e orientada por Profª Doutora Ana Paula Martins e Mestre Paula Barão (defendida em 2017)
  • Caracterização das reacções adversas psiquiátricas e neurológicas reportadas à UFS durante o período de 2012 a 2016 (5 anos) por Joana Vieira Ramos e orientada por Profª Doutora Ana Paula Martins e Mestre Paula Barão (defendida em 2017)
  • Caracterização das reacções adversas hepáticas e renais reportadas à UFS durante o período de 2012 a 2016 (5 anos) por Ana Teresa Vitório e orientada por Profª Doutora Ana Paula Martins e Mestre Paula Barão (defendida em 2017)

 
  • Perfil da notificação espontânea de suspeitas de reações adversas Graves na região Sul de Portugal, no período 2011 a 2015 por Rita Monteiro dos Santos e orientada por Profª Doutora Maria Augusta Soares e Mestre Paula Barão (defendida em 2016)
  • Perfil da notificação espontânea de suspeitas de reações adversas associadas a Antiretrovirais na região Sul de Portugal, no período 2011 a 2015 por Maria Inês Fernandes Pinto e orientada por Profª Doutora Maria Augusta Soares e Mestre Paula Barão (defendida em 2016)
  • Perfil da notificação espontânea de suspeitas de reações adversas associadas a Vacinas na região Sul de Portugal, no período 2011 a 2015 por Marta Alexandra Lavrador Henriques e orientada por Profª Doutora Maria Augusta Soares e Mestre Paula Barão (defendida em 2016)
  • Perfil da notificação espontânea de suspeitas de reações adversas reportadas por Farmacêuticos na região Sul de Portugal, no período 2011 a 2015 por Margarida Caldeira Barata Lopes e orientada por Profª Doutora Maria Augusta Soares e Mestre Paula Barão (defendida em 2016)
  • Perfil da notificação espontânea de suspeitas de reações adversas associadas à Varfarina na região Sul de Portugal, no período 2011 a 2015. Reflexões após 50 anos de mercado em Portugal por Carlota Moura e orientada por Profª Doutora Maria Augusta Soares e Mestre Paula Barão  (defendida em 2016)
  • Perfil da notificação espontânea de suspeitas de reações adversas reportadas pela Farmácia Comunitária na região Sul de Portugal, no período 2011 a 2015 por Ana de Sousa Domingos e orientada por Profª Doutora Maria Augusta Soares e Mestre Paula Barão (defendida em 2016)

 
  • Caracterização das reações adversas no grupo etário dos idosos – entre 2009 e 2013 na região Sul de Portugal. por Cremilde Cabral e orientada por Profª Doutora Maria Augusta Soares e Mestre Paula Barão (defendida Dezembro 2014)
  • Caracterização das reações adversas associadas ao grupo farmacoterapêutico – Antineoplásicos e imunomoduladores – entre 2009 e 2013 na região Sul de Portugal – por Mária Geadas e orientada por Profª Doutora Maria Augusta Soares e Mestre Paula Barão (defendida Dezembro 2014)
Teses de Mestrado de 2º Ciclo
  • Parental risk perception of vaccine’s adverse reactions in paediatric population and its impact on vaccine compliance: the case of Portugal since 2012 por Marta Fernandes e orientada por Profª Doutora Ana Paula Martins e Mestre Paula Barão
  • Farmacovigilância dos Biosimilares em Portugal: o exemplo do Infliximab por Sara Barbosa e orientada por Profª Doutora Ana Paula Martins e Mestre Paula Barão
  • Contraceptivos Hormonais Combinados em Monitorização Adicional: Reações Adversas; Conhecimento e Prática dos Profissionais de Saúde e Doentes por Catarina Calado e orientada por Profª Doutora Ana Paula Martins e Mestre Paula Barão .
  • Estudo do impacto da atividade do Delegado de Farmacovigilância na notificação espontânea por Lúcia Maria Martins da Costa e orientada por da Profª. Doutora Carla Maria Teixeira de Barros e Mestre Paula Barão (em curso)
  • Aplicação de Planos de Gestão de Risco em Farmácias Comunitárias, na área de Farmacovigilância” – por Maria Duarte; orientada por Prof. Doutora Ana Paula Martins; FFULisboa (defendida em 2014)
  • Perfil das notificações de reações adversas pós-vacinação em Portugal de 2009 a 2011 – por Ana Tereza Neres; orientada por Prof. Doutora Maria Augusta Soares; FFULisboa (defendida em 2013)
Teses de Doutoramento
  • ‘Patients’ Reporting of Adverse Drug Reactions: Beyond Frequency Towards Pharmacovigilance Quality – A contextual and linguistic assessment of spontaneous reporting and correlated pharmacovigilance activities in two European Union countries’. por Pedro Inácio e orientada por Prof. Doutor Afonso Cavaco (em curso);

Boletim Farmacovigilância

2018 2017 2016

Curiosidade Científica em Farmacovigilância

É uma iniciativa de periodicidade mensal em que a UFS partilha publicações relevantes na área da Farmacovigilância, no intuito de atualizar conhecimentos e sensibilizar para a importância da contribuição para um melhor conhecimento do perfil de segurança dos medicamentos. 2017 2016 2015
Partilhar