Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas

História da Farmácia e da Terapêutica

ECTS

5

Objetivos

Espera-se que ao obter a aprovação na disciplina, o aluno
a) Adquira uma visão diacrónica e de conjunto da evolução da profissão e das ciências farmacêuticas na dinâmica das sociedades humanas;
b) Conheça as principais ideias científicas e técnicas envolvidas no conhecimento, produção e uso de medicamentos nos diferentes períodos históricos;
c) Seja capaz de contextualizar essas ideias no âmbito mais geral da história do pensamento filosófico e científico;
d) Entenda a dinâmica da profissão e das ciências farmacêuticas no contexto das transformações sociais, económicas, políticas, religiosas e na evolução das crenças terapêuticas;
e) Entenda a dinâmica das interações entre a Farmácia e as restantes ciências e profissões da Saúde;
c) Seja capaz de entender a importância de aplicar alguns dos conceitos aprendidos para uma melhor compreensão do papel dos profissionais de saúde nas sociedades modernas.

Conteúdos programáticos

A Farmácia e o Medicamento na dinâmica das sociedades humanas. História das ideias científicas e técnicas na Medicina e na Farmácia. Aspetos económicos e sociais. História social das profissões de saúde. Principais desenvolvimentos internacionais e em Portugal. Antiguidade. Culto de Asclépio. Teoria dos Humores. Hipócrates. Aristóteles. Medicina greco-romana. Dioscórides. Galeno. Do Islão ao Renascimento. Mundo árabe e Ocidente cristão. Farmácia conventual, universidades e separação das profissões médicas. Renascimento e Expansão. Humanismo Médico. Drogas asiáticas e americanas. Paracelso. Da Revolução Científica ao Iluminismo. Iatroquímica, Iatromecânica e Animismo. Boerhaave. Farmácia Contemporânea. Paradigma médico-laboratorial. Medicina hospitalar e laboratorial. Química, Biologia e Farmacologia. Indústria farmacêutica. Noções gerais sobre o conhecimento e pesquisa científica. Epistemologia e validade da ciência. Organização social da ciência e validação do conhecimento.

Partilhar