Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas

Bioquímica I

ECTS

6

Objetivos

A UC Bioquímica I é constituída pelas vertentes teórica e laboratorial que se complementam entre si e que pretendem desenvolver no aluno as capacidades de integração dos conhecimentos, análise e resolução de problemas. A UC tem como objetivos a compreensão dos processos anabólicos e catabólicos que ocorrem nos diferentes compartimentos celulares, a sua inter-relação e regulação e o conhecimento químico/estrutural das macromoléculas intervenientes naqueles processos. Os conhecimentos adquiridos irão permitir entender de que modo fatores genéticos e não-genéticos (ex: agentes patogénicos e fármacos) podem contribuir para a alteração da homeostase metabólica e quais as vias que permitem o seu restabelecimento. Na componente teórica o aluno adquirirá uma visão integrativa dos mecanismos bioquímicos, em especial do metabolismo intermediário, e das moléculas intervenientes. A vertente laboratorial instrui na utilização de técnicas não só para análise qualitativa e quantitativa de macromoléculas e metabolitos (aminoácidos, proteínas, glúcidos e lípidos), mas também para estudo de processos metabólicos (ex: respiração celular). As aulas laboratoriais encontram-se configuradas de modo a proporcionar ao aluno uma discussão crítica dos conhecimentos práticos e teóricos adquiridos, através da formulação de questões, realização de exercícios e discussão dos dados obtidos.

Conteúdos programáticos

E. Teórico
Proteínas: Estrutura; Folding; Modificações pós-tradução; Função.
Enzimas: Mecanismos de catálise; Cinética; Inibidores/Ativadores.
Bioenergética: Anabolismo/Catabolismo; Transferência de energia.
Glúcidos: Estrutura; Metabolismo (glicólise; gluconeogénese; ciclo de Krebs; glicogénese/glicogenólise; ciclo pentoses fosfato).
Fosforilação oxidativa: Cadeia respiratória; Síntese de ATP.
Lípidos: Estrutura; Mobilização e transporte; Oxidação de ácidos gordos; Síntese de corpos cetónicos; Biossíntese.
Nucleótidos: Biossíntese; Degradação; Interconversão.
Aminoácidos: Transaminação/Desaminação oxidativa; Degradação (ciclo da ureia/destino do esqueleto carbonado); Biossíntese (aminoácidos e derivados).

E. Laboratorial
Aminoácidos: Separação (TLC).
Proteínas: Quantificação; Separação (SEC e SDS-PAGE); Estudos in silico.
Enzimas: Cinética da desidrogenase alcoólica.
Glúcidos: Reações de identificação.
Lípidos: Fracionamento; Reações de identificação.
Fosforilação oxidativa: Eletrodo de Clark e consumo de Oxigénio.

Partilhar