Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas

Biologia Celular

ECTS

5

Objetivos

Conhecer:
1. Os métodos e ferramentas para estudo da célula.
2. O sistema de membranas e sua interrelação: Membrana citoplasmática e endomembranas. Especialização e microdomínios. Transporte através de membranas.
3. A organização e dinâmica do citosqueleto.
4. As junções e comunicação entre células, adesão e matriz extracelular.
5. Organelos relacionados com produção de energia. Mitocondrias e peroxissomas: ultraestrustura, funções biológicas, relação entre os dois organelos.
6. O tráfego intracelular: do e para o retículo endoplasmático, as vias de secreção, as vias retrógradas e a interligação com as vias endocíticas/exocíticas.
7. A organização funcional do núcleo interfásico e passagem para a célula em divisão. Transporte núcleo-citoplasma.
8. O ciclo celular: regulação e desregulação. Morte celular programada e cancro. Desenvolver capacidade de: estudo autónomo, procura de informação, crítica, comunicação e interligação de conceitos com os vários pontos do conhecimento a adquirir.

Programa

A Biologia contemporânea é um dos campos mais relevantes e interdisciplinares de estudo, com a investigação na fronteira de questões prementes que a sociedade enfrenta hoje. O curso está dividido em quatro partes principais: (1) Ferramentas e métodos para o estudo de células; (2) Organização celular; (3) Dinâmica celular da célula interfásica e (4) Dinâmica celular da célula em divisão. Os tópicos envolvem o estudo avançado de células eucarióticas: estrutura e função de organelos, membranas celulares e transporte, o citoesqueleto, matriz extracelular, comunicação celular, adesão celular, organelos relacionados com produção de energia (mitocôndrias e peroxissomas); o tráfego intracelular incluindo transporte retrógrado, anterógrado, vias endocíticas, autofagia; organização funcional do núcleo, transporte núcleo citoplasma, ciclo celular, seu controlo / desregulação incluindo morte celular programada, o cancro e a senescência. Células “estaminais” e regeneração de tecidos.

Partilhar