Mestrado em Química Medicinal e Biofarmacêutica

Estabilidade de Fármacos

ECTS

5

Objetivos

- Prever as principais vias de decomposição dum fármaco de acordo com os grupos funcionais presentes, usando uma aproximação mecanística.
- Demonstrar compreensão dos princípios de cinética química e da sua aplicação no contexto da estabilidade de medicamentos.
- Reconhecer e analisar problemas relacionados com a estabilidade de compostos e propor estratégias para a solução desses problemas.
- Saber delinear estudos para determinar a reatividade intrínseca de compostos em diferentes meios aquosos e valores de pH.
- Analisar dados experimentais para determinar os tempos de semi-vida e períodos de reanálise de princípios ativos.
- Planear protocolos de estudo de estabilidade durante o desenvolvimento de um medicamento.

Conteúdos Programáticos

- Estudo da estabilidade no processo de desenvolvimento de fármacos.
- Principais vias de degradação de fármacos em solução e no estado sólido.
- Análise detalhada dos princípios de cinética química essenciais para o estudo da estabilidade de fármacos.
- Métodos experimentais e sua validação.
- Aspetos regulamentares dos estudos de estabilidade.
- Desenho de protocolos de estudo de estabilidade de fármacos durante o desenvolvimento de um medicamento.

No ensino prático aplicam-se os conceitos teóricos na resolução de exercícios que ilustram os mecanismos de decomposição de fármacos e a análise de dados cinéticos para determinação de parâmetros catalíticos, perfis de pH-velocidade, energia de ativação, de modo a propor mecanismos de decomposição de fármacos e pró-fármacos.
Apresentação e discussão de casos de estudo. Apresentação do estudo de estabilidade de fármacos no contexto das agências do medicamento e no contexto de uma empresa farmacêutica.

Partilhar