Doutoramento em Farmácia

Objetivos

O objetivo geral do Doutoramento em Farmácia da FFULisboa é repercutir atividades de investigação e inovação em benefícios diretos tangíveis para a sociedade, que incluem a qualificação superior avançada nas áreas do medicamento e sua interação com a saúde, tanto na promoção da saúde, como na prevenção da doença.

O Doutoramento em Farmácia da FFULisboa centra-se na investigação translacional conducente à descoberta de alvos terapêuticos e ao design de fármacos, bem como ao desenvolvimento pré-clínico e avaliação da segurança de medicamentos. Este é um ciclo de estudos de cariz interdisciplinar e de cooperação institucional e internacional promovido por um corpo docente altamente qualificado.

Área científica predominante: Farmácia
Ramo de conhecimento: Farmácia

Guia do Estudante de Doutoramento

Plano curricular

ECTS
240

Duração
8 semestres.
Componente curricular: 1.º e 2.ª semestre.
Elaboração de uma tese de doutoramento: 3.º ao 8.º semestre (inclusive).

Regime
Diurno

Versão resumo:

A componente curricular (1.º ano) do curso de doutoramento em Farmácia desdobra-se nas seguintes vertentes:

  1. Seminário de Doutoramento I: compreende 2 cursos avançados com 22,5 h letivas cada, num total de 12 ECTS e rotações laboratoriais com 30 h de acompanhamento tutorial, num total de 12 ECTS;
  2. Seminário de Metodologia de Investigação I: compreende o início do projeto de investigação, num total de 6 ECTS;
  3. Seminário de Doutoramento II: compreende 2 cursos avançados com 22,5 h letivas cada, num total de 12 ECTS e rotações laboratoriais com 30 h de orientação tutorial, num total de 12 ECTS;
  4. Seminário de Metodologia de Investigação II: - compreende uma conferência sobre o tema da tese, num total de 2 ECTS e uma apresentação e discussão do plano de tese, num total de 4 ECTS.

Plano curricular publicado em Diário da República

Acreditação
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior

Especialidades

Biofarmácia e Farmacocinética
Biologia Celular e Molecular
Bioquímica
Biotecnologia Farmacêutica
Bromatologia
Farmacoepidemiologia
Farmacognosia e Etnofarmacologia
Farmacologia e Farmacoterapia
Microbiologia
Química Farmacêutica e Terapêutica
Sócio Farmácia
Tecnologia Farmacêutica
Toxicologia

Saídas profissionais

Instituições académicas e de investigação, universidade e institutos de investigação, agências de caráter governamental, centros clínicos e hospitalares, empresas farmacêuticas e de biotecnologia, entre outros. Poderão ainda criar as suas próprias oportunidades de emprego.

Cursos de Formação Avançada

Cursos Avançados de Doutoramento:

Pharmaceutical Biophysics | 9-11 de janeiro e 28-29 de janeiro de 2019

Advanced Topics in Medicinal Chemistry | 4 - 8 de fevereiro de 2019

Non-Clinical Efficacy and Safety | 30 de março, 5-6 de abril e 12-13 de abril de 2019

Advanced Drug Delivery | 23-31 de maio de 2019

Biopharmaceutical and Advanced Therapies | a calendarizar

Molecular Biomarkers and Technologies | 8-12 de julho de 2019

Epidemiology and Pharmacovigillance in Drug-life Cycle | 7-11 de outubro de 2019

Stem Cells Technologies | 18-22 de novembro de 2019

Propinas

Estudante em regime geral a tempo integral

Estudantes Nacionais
Propina anual: 2.750,00 €

Estudantes Internacionais
Propina anual: 2.750,00 €

Consultar documentação associada

Candidaturas

Avaliação Final do Curso de Doutoramento (1.º ano)

No final do 1.º ano o aluno deve submeter um pedido de admissão a provas do Curso de Doutoramento. Esta prova consiste na apresentação e discussão de um relatório perante um júri que irá avaliar a qualidade científica do plano de tese, a capacidade de comunicação oral e a argumentação do aluno.

Como submeter pedido de admissão a prova
Entregar - até 72 horas antes da realização da reunião de Conselho Científico - a seguinte documentação no Gabinete de Estudos Pós-Graduados da FFULisboa:

  • Requerimento dirigido à Presidente do Conselho Científico;
  • Três exemplares (originais) do relatório em papel (estrutura do relatório: introdução; índice; resumo; objetivos; resultados obtidos; conclusões e referências bibliográficas);
    A capa do relatório deverá ter fundo branco.
    Modelo da Capa e Folha de Rosto do Relatório
  • Três Curriculum Vitae (originais) atualizados, datados e assinados;
  • Parecer (original) do orientador e coorientador(es) acerca da avaliação do curso de Doutoramento, com concordância do Presidente de Departamento;
  • Proposta de júri (nome completo, categoria, instituição a que pertencem, morada postal e e-mail);
    O júri é composto pelo Presidente (Presidente do Departamento), pelo Orientador ou pelo Coorientador e por um arguente.
  • Documento comprovativo da realização da Conferência.

Tese de Doutoramento

Regras para a apresentação e entrega da tese de Doutoramento

De acordo com o artigo 31.º do Regulamento de Estudos de Pós-Graduação da Universidade de Lisboa

  1. Na capa da tese deve constar: o nome da Universidade de Lisboa e da FFULisboa, o título, a menção de Documento Provisório, o ramo e a especialidade de Doutoramento, o nome do autor, o nome dos orientadores, o ano de conclusão, a indicação que se trata de um documento especialmente elaborado para a obtenção do grau de Doutor. Nos casos de graus atribuídos em associação ou cotutela, também deve constar a identificação da instituição envolvida;
  2. A folha de rosto deve ser idêntica à capa da tese podendo fazer menção a eventuais colaborações ou entidades financiadoras;
  3. A tese deve incluir resumos em português e noutra língua oficial da União Europeia, com um máximo de 300 palavras cada, até 5 palavras-chave em português e noutra língua oficial da UE e, índices;
  4. Quando a tese seja redigida em língua estrangeira (inglês), deve ser acompanhada de um resumo mais desenvolvido em português, com uma extensão compreendida entre 1200 e 1500 palavras.

 

Modelos:

Capa e folha de rosto da tese de doutoramento (Documento Provisório)

Capa do CD da tese doutoramento (Documento Provisório)

 

Pedido de admissão a provas de Doutoramento

  1. Entregar - até 72 horas antes da realização da reunião de Conselho Científico - a seguinte documentação no Gabinete de Estudos Pós-Graduados da FFULisboa:
    • Requerimento dirigido ao Presidente do Conselho Científico;
    • Exemplares em suporte digital da tese de doutoramento, com a menção de Documento Provisório, correspondentes ao número de membros do júri, adicionados de mais uma unidade. A tese em suporte digital deve ser em formato não editável;
    • Exemplares do curriculum vitae (original) atualizado, correspondentes ao número de membros do Júri, adicionados de mais uma unidade;
    • Parecer (original) do orientador e coorientador(es), com concordância do Presidente de Departamento;
    • Proposta de Júri (nome completo, categoria, instituição a que pertencem, morada postal, endereço eletrónico e contacto telefónico);
    • Declaração das Bibliotecas;
    • Declaração de embargo, se aplicável.
  1. Pagar o emolumento fixado para pedido de admissão a provas de doutoramento: 500 €

 

Constituição do júri

De acordo com o artigo 34º do Regulamento de Estudos de Pós-Graduação da Universidade de Lisboa

  • O júri de doutoramento é constituído:
    1. Pelo Presidente do Conselho Científico,que preside, por delegação de competência reitoral;
    2. Por um mínimo de quatro vogais doutorados, podendo um destes ser o orientador.
  • Sempre que exista mais do que um orientador, apenas um pode integrar o júri.
  • Em caso algum o número de vogais do júri pode ser superior a seis.
  • Pelo menos dois dos membros do júri referidos no n.º 2 são designados de entre professores e investigadores doutorados de outras instituições de ensino superior ou de investigação, nacionais ou estrangeiros, não sendo considerados para o preenchimento deste requisito eventuais orientadores externos.
  • Pode, ainda, fazer parte do júri individualidade de reconhecida competência na área científica em que se inserem a tese ou os trabalhos equivalentes.
  • O júri deve integrar, pelo menos, três professores ou investigadores do domínio científico em que se inserem a tese ou os trabalhos equivalentes.

 

Prorrogação do prazo de entrega da tese de Doutoramento

Terminado o 4º ano do Curso de Doutoramento, os alunos têm um período de 6 meses para entregarem a tese, com dispensa de pagamento da propina anual. Ultrapassado este prazo, os alunos ficam sujeitos ao pagamento anual da propina de 1500€, em prestações de 375€, pagas de 3 em 3 meses, até à data da entrega da tese.

Legislação aplicável

Documentação a entregar

  • Requerimento para a prorrogação da entrega da tese de Doutoramento;
  • Parecer do orientador e coorientador (es) com a justificação detalhada relativa à necessidade de prorrogação da entrega da tese.

A documentação deve ser entregue no Gabinete de Estudos Pós-Graduados da FFULisboa, antes do prazo de entrega da tese de doutoramento terminar.

Contacto

Gabinete de Estudos Pós-Graduados: posgraduados@ff.ulisboa.pt

Provas Académicas

Regulamentos e Despachos

Partilhar